quinta-feira, 21 de maio de 2009

ANDAR OU NAMORAR?

Hoje recebi este trecho de um livro:

«Uma jovem disse-me recentemente: "Pastor, os nossos padrões de valores são diferentes dos dos nossos avós. Nós temos uma nova moralidade, um novo código de ética." Quando oiço estes argumentos, sinto-me tentado a tirar o chapéu (se usar algum) e a dizer: "Desculpe!" Mas depois de se ser pastor tanto tempo, como eu, numa grande cidade, já não se acredita nesse tipo de conversa. E eu sei por experiência que toda essa linguagem pretenciosa não passa de espectáculo. Por detrás dela existe uma profunda angústia: jovens que têm casos de amor complicados e que não conseguem resolver os seus problemas; casais que tentam fingir ou que se separam. Sim, há uma tremenda angústia.» (Wilhelm Busch; Jesus Nosso Destino; Núcleo; pp. 96)

Hoje é impossível não observar casais de namorados em quase todos os lugares por onde se passe. Mas será que namoram? Não acredito!!! Ao conviver ao longo dos últimos anos com adolescentes e jovens, e pela conduta que muitíssimos deles têm, não tenho qualquer problema em dizer que hoje já não se namora... andam uns com os outros... durante algum tempo... até haver troca! Há beijos, amassos, etc.... indo até comportamentos que deveriam ser somente reservados aos casais casados. Assim anda a nossa sociedade, e aceitamos isso sem problema algum! Sugiro uma sociedade diferente, onde damos valor aos valores morais, um retrocesso a esta "libertinagem" que hoje vemos. Sugiro o retorno ao namoro!

Mas o que é "namoro"? Para mim o namoro é um relacionamento que vai para além da simples amizade, que é mistaurado com o amor verdadeiro de um homem por uma mulher e vice-versa. É um tempo de conversas mais íntimas a respeito do futuro em comum, dos desejos, etc. É um tempo de ambos se compreenderem melhor, de ambos conhecerem franca e sinceramente o que está no coração e alma do outro.

VOLTEMOS À PRÁTICA DOS PRINCÍPIOS CRISTÃOS PARA O NAMORO, onde riscos e problemas debatidos hoje em dia em escolas e governos, seriam muito bem diminuidos.

[Introdução a seminário sobre o namoro segundo os padrões bíblicos. Aberto a convites para abordar o tema em escolas e igrejas.]

1 comentário:

Alex disse...

Aí pastor!!! Concordo plenamente consigo. Hoje os valores estão completamente trocados e são coisas que vão além de uma cultura ou de "modernices". Temos que compreender que o diabo está tentando fazer a festa neste mundo, e levar os crentes atrás, dizendo que é normal... Ainda agora li no jornal que começam a distribuir a pílula do dia seguinte nas escolas, gratuitamente... Onde vamos parar...? Quando vamos tratar os problemas em vez de tratar as consequências?
"Eu vos escrevi, jovens, porque sois fortes, e a palavra de Deus está em vós, e já vencestes o maligno" 1Jo.2:14