quarta-feira, 2 de setembro de 2015

Respeito

Foi aprovado no meio deste ano, pelo Supremo Tribunal dos Estados Unidos da América (EUA), o casamento entre pessoas do mesmo sexo. Já faz alguns meses, para não falar em anos, que ambos os lados se têm 'degladiado' em manifestações, palavras, etc. 

Todas as pessoas têm algo que se chama 'livre-arbítrio', ou seja, capacidade de escolha. E assim, viver de acordo com as suas escolhas pessoais, mesmo que os outros não concordem. Contudo, algo que é importante, é respeitar os outros. Há uma frase célebre, que ouvia muito nas aulas de Filosofia: "A minha liberdade acaba, quando invado a liberdade do outro."

Posso não concordar com o tipo de vida que algumas pessoas decidem viver, mas meu papel neste mundo - do ponto de vista cristão - deve ser sempre demonstrar o meu amor pela pessoa em si. Nossa "luta" não deve ser jamais contra a pessoa, ou pessoas, em questão (para os conhecedores da Bíblia saberão o que ela diz a respeito).

Não é preciso "alimentar" guerras em ambos os lados! Guerra chama por mais guerra! Respeito chama por mais respeito!